Make your own free website on Tripod.com

O Feudo

O Sistema Feudal

Home | O Feudo | A Nobreza e a Cavalaria | Igreja Católica | Saiba Mais | Imagens | Livro de Visitas

                                              A Economia Feudal

 

O sistema feudal era fundamentalmente agrário, tendo dessa forma a terra como base de toda a sua economia. A propriedade da terra era unicamente reservada aos senhores feudais, que por sua vez exerciam poder total sobre suas propriedades: eles faziam as leis, concediam privilégios, administravam a justiça, declaravam guerra, assinavam a paz.(...) (clique aqui e saiba mais!)

O senhorio e o Campesinato

 

A força política dos senhores feudais, que se sobrepunha o poder real, residia no domínio do seu próprio feudo e no monopólio da força ou do poder militar. Cada feudo possuía seu exército, composto principalmente pelos cavaleiros nobres, que eram guerreiros regulares, e por servos convocados, se houvesse necessidade de reforço.

A cavalaria medieval era um grupo profissional de guerreiros de elite e celebrada por seus rituais de honra, lealdade e heroísmo. Ser cavaleiro era ambição de todos os jovens nobres, que, para receberem tal título, deveriam passar por um grande processo de preparação.

 

(Clique aqui e saiba mais!)

 

Evolução das Técnicas e Demografia

A economia feudal

Os senhores feudais como organizadores da produção

Segundo Engels, "as classes sociais do século IX haviam-se constituído não no atoleiro de uma civilização declinante, mas nas dores do parto de uma nova civilização, As relações entre poderosos proprietários agrários e camponeses escravizados, que haviam sido para os romanos a forma de desagregação sem esperança do mundo antigo, eram agora, para a nova geração, ponto de partida para um novo desenvolvimento".

(clique aqui e saia mais!)

feudal_5.jpg

Os servos como produtores diretos
A forma de trabalho característica do feudalismo é a servidão. É uma situação intermediária ou híbrida entre o escravo (ele mesmo propriedade de outro homem) e o operário da era capitalista (possuidor e disponibilizador de sua força de trabalho), entretanto seria insuficiente e perigoso caracterizar essencialmente o modo de produção feudal pela servidão, sem caracterizar que tipo de servidão é esta.
 

 

O declínio do modo de produção feudal e o surgimento capitalismo

 Várias técnicas de produção aumentaram o nível da produtividade do trabalho. No entanto, a produção em pequena escala, típica da Idade Média, era inadequada para promover o aperfeiçoamento encorajar inventos e melhoramentos. As guildas medievais (sociedades de pequenos produtores que trabalhavam em suas próprias terras e contratavam aprendizes ou diaristas) faziam o possível para obstruir o aperfeiçoamento das técnicas ou da organização do trabalho, receando que isso levasse a uns enriquecerem mais que outros. Entretanto, a necessidade de expandir a produção fazia-se sentir cada vez mais. Isto acontecia particularmente com as indústrias. Aqui iriam aparecer as primeiras características do capitalismo.

(clique aqui e saiba mais!)