Make your own free website on Tripod.com

Texto: A Economia Feudal

O Sistema Feudal

Home | O Feudo | A Nobreza e a Cavalaria | Igreja Católica | Saiba Mais | Imagens | Livro de Visitas

        A Economia Feudal

 

O sistema feudal era fundamentalmente agrário, tendo dessa forma a terra como base de toda a sua economia. A propriedade da terra era unicamente reservada aos senhores feudais, que por sua vez exerciam poder total sobre suas propriedades: eles faziam as leis, concediam privilégios, administravam a justiça, declaravam guerra, assinavam a paz.

 

A extensão de terra pertencente ao senhor feudal recebia o nome Feudo.  No interior de um Feudo coexistiam três formas de uso e posse da terra.

 

A posse coletiva dos pastos e dos bosques: essa área era de uso comum. Os servos poderiam levar seus animais para pastarem nas áreas de pastagens, da mesma forma com que podiam colher frutos e retirar madeira dos bosques e os senhores feudais podiam caçar também nessas mesmas áreas.

Posse privada de metade das terras cultivadas: essa área também conhecida como manso senhorial, pertencia exclusivamente ao senhor feudal junto com tudo que aí era produzindo.

Posse da terra em regime de co-propriedade: também conhecido como manso servil; os servos trabalhavam nessas terras como se fossem deles, porém a terra pertencia ao senhor feudal que por sua vez recebia em troca uma série de obrigações prestadas a ele pelos servos, o costume.